Siga-me no Facebook Siga-me no Instagram Siga-me no Twitter Siga-me no YouTube
Prémio Note! 2012 | Site oficial de Nuno Nepomuceno.

O ladrão.

Excerto retirado de O Espião Português (e um dos meus preferidos).

« Cimeira de Estocolmo - Baile de encerramento
Palácio Real Sueco

A palavra ladrão começa a surgir nas mais variadas línguas, enquanto as mulheres presentes iniciam uma revista frenética às malas de mão e restantes pertences. Expectantes, Anssi e Monique vão-se deixando engolir pelo círculo imenso de curiosos. Ficam cada vez mais para trás, como é de resto desejável. Estão todos concentrados na mulher, guardas incluídos. Atento, Anssi olha na direção da saída para a ala sul. Completamente abandonada. Disfarçadamente, manda
Freelancer avançar. Pelo canto do olho, Monique vê Marie entrar no salão. Blue Swan avança rapidamente para o par. Ice Lady afasta-se ligeiramente do namorado e, por entre as pregas do vestido, retira e passa discretamente o colar à colega. Blue Swan recolhe-o, esconde-o com a mala de mão e continua a andar. Dirige-se à mesa das carnes frias, tira um rolinho de carne e come-o delicadamente, enquanto se junta ao grupo em torno da francesa. Faz uma pergunta a um homem que está por ali e deixa escapar um comentário maldoso sobre a segurança. «Ainda há pouco vi um guarda a dormir», opina, ultrajada. Ao fundo, protegido pela confusão, André Marques-Smith desaparece, incógnito.»

Uma amostra gratuita das primeiras páginas do livro pode ser descarregada ou lida no seguinte pdf.

PS - Um breve agradecimento a todas as pessoas que visitaram o novo site após o anúncio da remodelação. Não mereço tanto apoio.

Comments