Apresentação de A Recriação do Mundo na Festa do Livro de Belém.

É com enorme prazer que anuncio que no dia 30 de agosto deste ano irei apresentar o livro A Recriação do Mundo, de Luís Corredoura.

A sessão irá decorrer na Festa do Livro de Belém e tem início marcado para as 16h. É uma oportunidade rara de adquirirem o «mais novo» do Luís, já que o livro só estará disponível nas demais livrarias no fim da primeira semana de setembro. Deixo-vos com a sinopse e um convite a aparecerem. Quem desejar um autógrafo personalizado, pode fazê-lo durante a pré-venda no site da Cultura Editora. Até dia 30!

A Recriação do Mundo

Fevereiro de 1943. No Palácio dos Desportos de Berlim, perante uma plateia de nazis fanáticos, Goebbels, ministro da Propaganda, faz um inflamado discurso, deixando no ar uma mensagem subliminar: os alemães, apesar de terem acabado de sofrer a sua maior derrota, irão em breve possuir uma arma que lhes permitirá vencer a guerra.

José Bensaúde, um judeu português, génio da matemática e física, mas também um idealista de esquerda, será determinante para que a Alemanha se adiante na corrida atómica. Capturado em França e levado para um campo de concentração, aí fica até alguém dar conta que pode ser útil aos intentos do III Reich, exactamente quando a resistência começa a ganhar corpo e força e a operação Valquíria tem início.

Conseguirá Claus von Staufenberg matar o Führer enquanto este tenta a todo o custo ter uma bomba atómica? Lograrão os norte-americanos, com a ajuda de Enrico Fermi e Albert Einstein, antecipar-se aos nazis e ser os primeiros a recriar o momento zero do mundo numa gigantesca e inédita explosão nos confins do Novo México? E o que fará Estaline quando descobre que Moscovo e Londres poderão ser os alvos da arma-maravilha de Hitler?

Adicionar Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os campos necessários estão marcados com *