London diary – Dia 01

Hoje foi o primeiro dos dois dias da sessão fotográfica que vim fazer a Londres com o intuito de promover o meu novo livro. Estou a revisitar alguns dos locais que, de alguma forma, inspiraram parte do enredo e cenários que escolhi.

A manhã foi dedicada a uma igreja abandonada que existe bem no centro do coração financeiro da cidade. Fica localizada num pequeno parque, onde as ruínas, arcos, bancos e paredes fizeram um cenário lindíssimo para a sessão. Eu e a Anna, a fotógrafa, tivemos algum azar. Havíamos combinado começar por volta das 08:15, mas apesar de ter atravessado a London Bridge a essa hora, acabámos por nos deparar com o recinto fechado, o que exigiu algum improviso.

Uma hora e outra mudança de roupa depois, o parque abriu finalmente e a sessão de fotográfica original foi executada. Acho que vão gostar imenso quando virem as imagens. Ficaram líndissimas.

O resto do dia foi passado a deambular pelo centro de Londres. A Anna tirou várias fotografias. Se numas explorámos a arquitetura da cidade, noutras optou por se concentrar em mim e no cenário envolvente. O dia esteve parcialmente nublado, muito ventoso, mas estou certo que o esforço será compensado. Foi um dia muito gratificante.

Amanhã irei rumar ao Norte de Londres. De manhã, iremos tirar algumas fotografias para publicar na altura em que a reedição de A Célula Adormecida sair, provavelmente, em maio/ junho. De tarde, voltaremos ao novo livro. A localização escolhida é muito especial. 😉

Adicionar Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os campos necessários estão marcados com *