A Morte do Papa. Direitos internacionais vendidos para a Hungria.

Olá a todos.

É com uma alegria e orgulho enormes que partilho esta notícia. Trata-se de algo que nas últimas semanas tem estado em evolução e que por questões óbvias eu e a Cultura Editora mantivemos em segredo, mas esta semana tudo se desbloqueou e foi finalmente concretizada a primeira edição internacional de A Morte do Papa.

Como sabem, esta vai ser a minha primeira edição numa língua estrangeira. Referi na entrevista que dei a Maria Inês Almeida durante a live no Instagram com as livrarias/ papelarias Note! que um dos mercados interessantes para na altura uma hipotética internacionalização seria o centro da Europa e eis que aí está, numa país onde outros escritores portugueses já trilharam caminho, como é o caso de José Luís Peixoto.

A edição húngara de A Morte do Papa será publicada pela editora Lettero, especializada em literatura policial, para mulheres e de viagem. Alguns dos livros que se podem encontram no seu catálogo são os da coleção Poirot, de Agatha Christie, o que me deixará muito bem acompanhado.

A capa portuguesa irá manter-se, uma vez que a Lettero a elogiou bastante, e o resto são pormenores de contratos e números. O livro será publicado nos próximos meses. Portanto, é uma ocasião muito feliz para todos aqueles, como nós, que gostam do Afonso. 🙂

Adicionar Comentário

O seu email não vai ser publicado. Os campos necessários estão marcados com *